Boas vistas

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Linha do Sabor 1

POCINHO- TORRE DE MONCORVO
E assim começa um trilho de uma linha morta, restos humanos numa paisagem deslumbrante.

A famosa ponte de dois tabuleiros, restos de ferro

A estação do Pocinho
A separação das vias larga e estreita, Douro e Sabor
O abandono
Rio Douro
As dificuldades do início, com a vegetação a impedir a passagem
Um olhar atento
Desmoronamento
Linhas

Flores e amigos

Os dois mais fortes caminheiros
A passada persistente
O quilómetro da coragem antes da difícil passagem através da vegetação quase impenetrável
Flores na linha
Doirado
Conversas sobre máquinas fotográficas

cores



Persistências
Mais amendoeiras em flôr


Oliveiras
Apeadeiro
"Horizontes da Memória"
"Horizontes da Memória" 2
Vè-se o fim

"Quebras de página"
O vento

As curvas e o Achim

Oliveira
Moncorvo
Matriz de Moncorvo

Águas passadas

Fim do trilho por hoje, numa estação abandonada

3 comentários:

  1. Fica a curiosidade depois destas fotos lindas! Para quando o convite para irmos conhecer ao vivo?

    ResponderEliminar
  2. Faço das minhas as palavras do Filipe.. quero um convite!!! ;)
    E os meus sinceros parabéns pelas fotos, algumas são realmente bastante bonitas.. fiquei com vontade de fazer este trilho..
    Um grande abraço e até breve

    ResponderEliminar
  3. a foto que se refer o apeadeiro, simplesmente, era uma habitação do pessoal da estação de cricha, que fica uns metros antes.

    ResponderEliminar